As palmadas que seu filho não poderá mais levar deveriam ser dadas ao Estado Brasileiro

Sexta-feira, 27 de junho de 2014 Presidente Dilma Rousseff sanciona a Lei da Palmada, mas veta trecho que incentivava o denuncismo por pa...

Sexta-feira, 27 de junho de 2014

Presidente Dilma Rousseff sanciona a Lei da Palmada, mas veta trecho que incentivava o denuncismo por parte do funcionalismo público.

Sanção da Lei

Imagem: Jonilson Souza / Cedida ao OPINÓLOGO
Chantagem e inversão de valores:
filhos poderão impor limites aos pais
Ativistas de direitos humanos, especialmente os que defendem causas ligadas à infância e à adolescência, estão em festa, porque a presidente Dilma Rousseff sancionou a Lei Menino Bernardo, popularmente chamada de 'Lei da Palmada'. A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), desta sexta-feira (27/6), por meio da Lei nº 13.010/2014, e já entrou em vigor.

A nova legislação altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90) – o famoso ECA –, ao determinar a proibição do uso de castigos físicos ou de tratamento cruel ou degradante na educação dos filhos, e também por parte de agentes públicos do sistema socioeducativo. E muda também as Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394/96), que sugerem a inclusão de conteúdos relativos aos direitos humanos e à prevenção de todas as formas de violência a esse público-alvo na grade curricular.

A mandatária teve o bom senso de vetar a parte que impunha multa de três a 20 salários-mínimos a funcionários públicos (da saúde, educação, assistência social etc.) que deixassem de relatar a ocorrência e/ou a suspeita envolvendo castigo físico e/ou degradante a crianças e adolescentes. Nesse caso, a multa por reincidência por não denunciar poderia ser dobrada.

A lei recebeu tal nome por causa do garoto Bernardo Boldrini, de 11 anos, cujos pai e madrasta foram considerados suspeitos na participação de sua morte. O corpo foi encontrado em abril passado, enterrado às margens de uma estrada em Frederico Westphalen, no Rio Grande do Sul.

O texto de 2010, de iniciativa do Executivo, tinha sido aprovado pelo Senado, na noite do último dia 4 de junho, propositalmente nessa data, por ser o Dia Internacional das Crianças Vítimas de Agressão. Sua aprovação foi comemorada pela apresentadora Xuxa Meneghel, que participa da campanha do Disque 100 contra a violência infantojuvenil.

“A lei vai impedir que usem violência, é só isso. Pode educar de qualquer maneira, sem o uso da violência. A pessoa que deu uma palmada vai ser presa? Não! Nós queremos mostrar que as pessoas podem e devem ensinar uma criança sem usar violência. É só isso que estamos pedindo. É isto que a lei faz: que a criança seja vista com os mesmos direitos que nós, adultos”, disse a artista.

Para a senadora Ana Rita (PT-ES), relatora do texto na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH), o projeto busca não penalizar os pais, e sim encaminhá-los a cumprir cursos e/ou orientações psicológicas e enfrentar o que chama de 'tradição cultural' o ato de bater. E salientou que o Conselho Tutelar tem carta branca para agir, inclusive acionar a polícia. A lei incluiu os agentes públicos aos mesmos tratamentos dispensados aos pais.

Já o senador Magno Malta (PR-ES) criticou o projeto: falou que 80 por cento do que determina já estaria incluído no ECA, que o mesmo seria 'subjetivo' e pediu que houvesse maiores esclarecimentos entre 'educação dos filhos' e 'violência'.

Repercussão

O apresentador Boris Casoy, do 'Jornal da Band' (TV Bandeirantes), criticou a nova lei, na ocasião aprovada pelo Senado: “É evidente que ninguém equilibrado defende agressão a crianças. No inferno, Mussolini e Hittler devem estar aplaudindo essa tal lei fascista da palmada, é uma intromissão grave na família, na qual o Estado não pode nem deve se meter, nem deve meter bedelho nenhum”.

Em 2011, quando o texto foi aprovado pela Câmara dos Deputados, o pastor Silas Malafaia, da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, também psicólogo, já havia feito críticas. Para ele, trata-se de uma lei 'eleitoreira'. Disse que não fazia apologia ao espancamento, porém defendeu a punição como forma de educar a criança. E salientou que a legislação poderia se tornar um instrumento de chantagem por parte dos filhos contra os pais.

OPINÓLOGO fez uma rápida pesquisa há pouco tempo para saber a opinião de algumas mães. “A Xuxa só é a favor dessa lei, porque rico não educa filho, passa o dia trabalhando. Quem educa são as empregadas que têm que engolir os abusos das crianças”, declarou a dona de casa Maria Silva.

Para a professora Vera Câmara, umas palmadas de vez em quando não seria nenhum problema: “Espancar, agredir é uma coisa. Agora uma palmadinha no filho na hora certa e no lugar certo nunca fez mal a ninguém”.

“Acho uma perda de tempo [a Lei da Palmada], sabe por que? Porque ninguém vai fiscalizar. Sou contra a espancamentos e agressões que utilizem mangueiras, cinto e afins. Sou contra também a pressões psicológicas que muitas vezes é bem pior que uma palmada. Eles não podem proibir q eu dê uma palmada para recriminar minha filha. Pois não dependo do governo para sobreviver”, comentou a jornalista Marília Calumby.

Dados do sistema socioeducativo – Março/2012 a Março/2013

Dados do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) mostram que, entre março de 2012 e março de 2013, o sistema socioeducativo oferecia 15.414 vagas, no entanto abrigava 18.378, isto é, 2.964 a mais. Pelo menos 16 estados estariam com superlotação, alguns deles com índices superiores a 300%.

O Maranhão está entre os que aparecem nesse mau índice nas unidades de internação. Com apenas 73 vagas, tem 335 menores infratores, com isso superando em 458% a sua capacidade; o Mato Grosso do Sul dispõe de 220 vagas, mas tem 779 internos, ou seja, 354% a mais do que suporta; e o estado de Alagoas oferece 154 vagas, contudo recebe 500 internos, ou seja, 324% a mais que o tolerável.

“Já nas unidades de semiliberdade, há 2.193 vagas para 1.703 jovens atendidos. A superlotação foi registrada em Alagoas, 15 vagas para 175 jovens atendidos, capacidade de ocupação superada em 1.166%; Mato Grosso do Sul, com 16 vagas e 51 jovens, capacidade superada em 318%; e Ceará, com 125 vagas e 171 jovens, capacidade superada em 136%”, apontou o CNMP em um relatório divulgado em agosto do ano passado.

“A maior parte dos estabelecimentos não separa os internos provisórios dos definitivos nem os adolescentes por idade, por compleição física e pelo tipo de infração cometida, como determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Entre março de 2012 e março de 2013, registrou-se a ocorrência de 129 evasões nas unidades inspecionadas pelo Ministério Público, o que resultou na fuga de pelo menos 1.560 adolescentes, número correspondente a 8,48% do total de internos no país”, continuou o CNPM. As fugas foram decorrentes de rebeliões em 103 unidades de internação, sendo um terço delas somente em São Paulo.

Em 70,7% das rebeliões ocorridas no país, houve registros de vítimas lesionadas. As rebeliões mais violentas ocorreram no Sudeste, em 88% dos eventos. O Sul registrou o menor índice, com 27,3%

Conforme mencionado pela entidade aqui em questão, o Estado Brasileiro – como um todo – precisa cumprir o Artigo 123 do ECA, que determina a separação dos internos de acordo com a gravidade dos delitos cometidos, modalidade de internação, idade e o físico.

“No Sudeste o percentual de unidades visitadas que não separam os internos provisórios e definitivos é de 45%. Nas demais regiões, os índices são de 55% (Norte), 55,6% (Sul), 68% (Nordeste) e 72% (Centro-Oeste)”, sustentou.

Apenas 20% das unidades de internação do Sudeste e do Sul separariam os adolescentes por idade; no Centro Oeste, só 16%; no Norte do país, 32,5%; e no Nordeste, 44%.

Análise

Pois, como o próprio Conselho Nacional do Ministério Público afirmou, o Estado Brasileiro não estaria cumprindo o Artigo 123 do ECA. A superlotação, as condições degradantes e as rebeliões reforçam que o Estado não é capaz de proteger o menor infrator – os ativistas piram quando alguém se refere assim – que está sob seus cuidados. Não pode sequer garantir a integridade e a dignidade dos internos, que acabam saindo piores do que quando entraram.

Se há rebeliões, indaga-se se há maus tratos por parte dos agentes públicos. Ao incluir a proibição de castigos físicos por parte desses profissionais, o Estado parece, supostamente, confirmar a prática. Em fevereiro deste 2014, internos de uma unidade do Núcleo Estadual de Atendimento Socioeducativo (Neas), em Alagoas, fizeram um princípio de tumulto, para relatar um suposto mau tratamento dispensado pelos monitores, publicou o portal 'Tribuna Hoje'.

O Estado não só não consegue cumprir a sua responsabilidade, como também busca impedir que os pais cumpram a deles: a de educar um filho. Ademais, interfere no privado ao tentá-lo transformar em uma coisa pública. Já dizia Pitágoras: “Eduquem as crianças e não será necessário castigar os homens”. O pai e a mãe não poderão bater no filho. Em compensação a polícia o fará mais cedo ou mais tarde. Isso é óbvio!!!

Felizmente, o veto da presidente Dilma Rousseff à cobrança de multas evita a prática do denuncismo e da chantagem ao funcionalismo público. Não seria estranho se começassem aparecer casos em excesso, o que poderia fazer com que qualquer tapinha ou bofetada fosse considerado um tratamento cruel ou degradante. Inicialmente, o excesso de ocorrências poderia ser tratado como um triunfo político, mas logo poderia resultar em uma dor de cabeça devido a queixas injustificáveis, subjetivas e passíveis de interpretações, motivadas pelo exercício funcional do denuncismo.

Encaminhar os pais a cursos e orientações psicológicas, a depender do caso, seria o mesmo que tratá-los como loucos ou algo do tipo, por estarem tentando, simplesmente, educar ou corrigir um filho. Só para constar: ninguém está falando em espancamento, mas uns tapas de vez em quando, em casos estritamente necessários, de impor limites. Embora os pais também devessem tentar alternativas de punição, tais como: não deixar o filho acessar redes sociais nem jogar videogame ou proibir de brincar na rua, por exemplo.

Uma verdade precisa ser dita: a tal Lei da Palmada só vai servir para atolar o conselheiro tutelar de trabalho. Ainda mais quando não há investimento nesse setor pelo próprio Estado, por exemplo: um carro para que esse servidor possa visitar unidades de internação; quando falta computador, internet, impressora, um escritório sede, ou seja, uma infraestrutura básica para a execução do serviço. Em certas regiões, essas autarquias, que estão subordinadas às prefeituras, praticamente subsistem.

Reportagem do 'Bom Dia Brasil' (TV Globo), de fevereiro deste ano, mostrou que uma das cinco unidades do Conselho Tutelar de Goiânia, em Goiás, fechou as portas após atraso de oito meses de aluguel e água cortada. Já em um de Fortaleza, no Ceará, não havia computador nem papel ofício, por exemplo.

No Rio de Janeiro, a situação não parecia ser muito diferente, em fevereiro de 2013: o Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedca-RJ), vinculado ao Governo do Estado, estava com as atividades suspensas por falta de pessoal, computadores e impressoras, segundo o então presidente da entidade, José Monteiro, à 'Agência Brasil'.

Existem violações de direitos humanos mais diretas do que essas??? Os relatos supracitados são breves históricos da real e caótica situação desses órgãos. Essa área dos direitos humanos nunca foi explorada como um 'outdoor' pelos governantes, porque não os interessa. Sempre foi mais bonito mostrar que se defende direitos de negros, homossexuais e tudo o que é midiático.

Por tudo isso, e muito mais, é que o Estado Brasileiro deveria levar as palmadas que Você, leitor(a), pai ou mãe, não poderá dar no seu filho.

Outrossim, é que a 'Lei da Palmada' também poderá se tornar ferramenta de chantagem de filhos contra os pais. E nem todas as surras e tabefes serão relatados, porque, provavelmente, a situação se inverterá: os pais dirão aos filhos, que se os denunciarem, serão levados pelo Conselho Tutelar e que viverão em orfanatos, coisas do tipo, e nunca mais os verão. Serão assombrados pelo medo da perda.

Crianças e adolescentes que estiverem sendo vítimas de violência familiar poderão ligar para o número 100 e relatar a situação. A ligação é gratuita. Como também podem procurar um professor ou uma pessoa de confiança, ou até mesmo ir a uma delegacia, por exemplo.

COMMENTS

BLOGGER
Nome

2010,7,2011,1,2012,5,2013,1,2014,41,2015,9,2016,21,2017,3,2018,7,450 anos,1,4G,1,50 anos,1,7 de setembro,1,80 anos,1,A Marcha dos Infames,1,Aborto,9,Abranet,1,Acre,2,Adenor Gonçalves,5,Adidas,2,Adolescência,3,Adriana Ancelmo,1,Aécio Neves,14,Aeroporto Tom Jobim,1,África,4,África do Sul,4,Agronegócio,3,Água,5,Água potável,1,Águas do Rio,1,Aids,2,Alberto Cantalice,3,Alberto Nisman,7,Alejandro Maldonado Aguirre,1,Alejandro Toledo,1,Alemanha,4,Alerj,40,Alesp,5,Alessandro Molon,3,Alexandre Cardoso,1,Alexandre de Moraes,1,Alexis Tsipras,4,Aliança Batista,1,Alicia Kirchner,1,Alto do Paraíso (RO),1,Álvaro Uribe,1,Amazonas,4,Ambulantes,1,América Central,4,América Latina,128,Amijubi,1,AMLO,2,Amor à Vida,1,Amor e Revolução,1,Analfabetismo,1,Anatel,8,Andes,1,Angola,1,Angra dos Reis,1,Anhanguera Educacional,1,Animais,3,Anistia Internacional,1,Aniversário,6,Antonio Ledezma,7,Apagão,1,Aquecimento global,1,Arábia Saudita,2,Arena Corinthians,1,Argentina,19,Argos,1,Arlei Rosa,2,Armênia,1,Arquidiocese,1,Article 19,1,Árvore de Natal da Lagoa,2,Ásia,16,Assembleia de Deus,1,ATUALIDADES,161,Aureo Lídio,1,Avaaz,1,Avenida Brasil,1,Avianca,1,Avon,1,Azul,1,Babilônia,1,Bahia,6,Baixada Fluminense,6,Banco do Brasil,2,Banco Itaú,1,Banco Mercantil,1,Band,2,Banda larga,5,Bangladesh,1,Barack Obama,6,Barcas,1,Bares e restaurante,1,Barra Mansa,2,Bayer,1,Beija-Flor,3,Belo Horizonte,3,Bento XVI,1,Bilhete Único,4,Black Bloc,1,Blecaute,1,Bolívia,8,Bolsa Família,3,Boni,1,Bonsucesso,1,Bossa Nova,1,Botucatu,1,Bradesco,6,Brasil,389,Brasília,11,Brazuca,1,BRF Brasil Foods,4,BUC,1,Buscador,1,Cabo Daciolo,8,Cabo Frio,1,Cabralfobia,1,Caetano Veloso,1,Caminhoneiros,2,Campos dos Goytacazes,1,Canadá,1,Câncer,2,Candomblé,1,Carlos Alberto Sardenberg,1,Carlos Lupi,2,Carlos Osório,1,Carmen Aristegui,1,Carnaval,13,Carnavalesca,1,Casamento gay,10,Catalunha,2,Caxias do Sul,2,CBF,3,CBMERJ,1,Ceará,9,Cebela,1,Cedae,10,Cederj,1,Celac,1,Celebridades,4,Celso Lisboa,2,Celso Russomano,1,César Maia,3,Cesva,3,CFM,1,CFP,2,Chapecoense,2,Chapeuzinho Vermelho,1,Chapolin,1,Chaves,1,Chávez,3,Chavismo,11,Cheias de Charme,1,Chico Xavier,1,Chile,16,China,11,Chuvas,1,CICAD,1,Cidade do Samba,1,Ciro Gomes,1,Clarissa Garotinho,1,Claro,3,Cláudia Leitte,1,Cleptocracia,2,CMRJ,3,CNBB,1,CNI,2,CNJ,4,Coaf,2,Coca-Cola,2,Código de Conduta,1,Colégio Pedro II,2,Colômbia,22,Combustível,2,Compaj,4,Complexo da Maré,7,COMUNICAÇÕES,21,Congresso,4,Conmebol,1,Consumidor,10,COP-15,2,COP-16,2,Copa,1,Copa América,1,Copa das Confederações,6,Copa do Mundo,33,Copacabana,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,2,Coronavírus,5,Correios,4,Corrupção,7,Costa Rica,2,Cota racial,1,Covid-19,1,CPI,12,Cremerj,2,Criança,3,Crime,8,Crimes na web,1,Criminalidade,1,Cristina Kirchner,10,Cristo Redentor,2,Crítica,1,Cuba,17,CULTURA,12,CUT,8,Dalai Lama,1,Daniel Ceballos,1,Daniel Guerra,2,Daniel Ortega,3,Danilo Gentili,3,DEM,6,Democracia,4,Dica,2,Dicionário inFormal,1,Dilma Rousseff,110,Diploma,2,Direitos Humanos,41,Distrito Federal,7,Ditadura,2,Ditadura militar,4,Dom Pedro I,1,Dom Pedro II,1,Domino's,1,Donald Trump,14,Drogas,2,Duque de Caxias,6,Ecuavisa,2,Edir Macedo,5,EDITORIAL,6,Edson Fachin,1,Eduardo Bolsonaro,1,Eduardo Cunha,5,Eduardo Guimarães,1,Eduardo Paes,12,EDUCAÇÃO,340,Edward Snowden,1,Egito,2,Eike Batista,4,El Comercio,1,El Salvador,1,Eleições,49,Embratel,1,Emirados Árabes Unidos,1,EMS,1,Enem,20,Energia,3,Enrique Peña Nieto,7,Equador,9,Escola da Rua,1,Escola Municipal Friedenreich,3,Escolas de Samba,1,Escravidão,1,Escravos de Jó,1,Espanha,6,Espírito Santo,6,ESPORTES,26,Estácio,35,Estado laico,2,Estados Unidos,46,Estudantes,1,Etiópia,1,Europa,17,Eutanásia,1,Evo Morales,5,Fabiane Maria de Jesus,1,Facha,1,Faculdade Alfacastelo,1,Faculdade Alvorada,7,Faculdade de São Roque,1,Fades,1,FAIPD,1,Fapan,1,Farc,5,Favela,3,Felipe Calderón,1,Fênix 2,1,Fernando Haddad,10,Fernando Henrique Cardoso,1,Fernando Lugo,4,Fernando Mac Dowell,1,FGV,1,Fidel Castro,1,Fifa,8,Flamengo,1,Flávio Bolsonaro,4,FMC,4,FMI,2,Força Sindical,2,Foro de São Paulo,3,Fortaleza,2,França,1,Francisco Dornelles,3,Francisco I,3,Fuleco,5,Funk,2,Funkódromo,1,Futebol,14,Galileo Educacional,220,Garotinho,5,Gay,14,Geraldo Alckmin,2,Gilberto Gil,1,Globovisión,1,Glória Perez,2,Goiás,2,Google,8,Google AdWords,2,Grécia,8,GRES Estácio de Sá,2,GRES Grande Rio,1,GRES Império Serrano,2,GRES Mangueira,3,GRES Paraíso do Tuiuti,2,GRES Portela,3,GRES São Clemente,1,GRES Unidos da Tijuca,2,Greve,11,Gripe,2,Groupon,1,Grupo de Lima,2,Guanambi,1,Guapimirim,5,Guarda Municipal,2,Guatemala,7,Guido Mantega,1,Guiné Equatorial,1,Haiti,3,Halloween,1,Harry Potter,1,Heello,1,Heinz,1,Heitor Schuch,1,Henrique Capriles,4,Hillary Clinton,2,HIV,1,Holocausto,1,Homofobia,2,Homossexualidade,2,Honduras,6,Hong Kong,2,Horário de verão,5,Hospitais,1,Hotel Urbano,1,Hoy Ecuador,1,HPV,1,HRW,3,Huatabampo,1,Hugo Chávez,24,Humor,2,Hypermarcas,1,Idec,1,Iêmen,1,Igreja Católica,10,IMPD,2,Impeachment,7,Imperatriz Leopoldinense,1,Imposto de Renda,4,Imprensa,2,Indenização,1,Independência,1,Índia,5,Indiana,1,Índio da Costa,1,Indonésia,9,Infobae,1,INFORMAÇÃO ÚTIL,12,Inglaterra,4,Ingrid Betancourt,1,Inocência do Islamismo,1,Insaes,1,Internet,23,Irã,4,Iraque,1,Irlanda,1,Islamismo,4,Israel,4,Itaguaí,2,Itália,1,Itamaraty,2,Iuperj,1,Iurd,10,Jabulani,1,Jacob Zuma,1,Jair Bolsonaro,22,Jamal Khashoggi,1,Jandira Feghali,2,Japão,1,JBS,12,Jean Wyllys,3,Jennifer Lopez,1,Jesus Cristo,1,Jimmy Morales,1,João Dória Jr.,3,Joaquim Barbosa,3,Joesley Batista,1,Jogos,1,Jogos da Baixada,1,Jogos Olímpicos,11,Jornal Cruzeiro do Sul,1,Jornal do Brasil,1,Jornalismo,16,Jornalismo opinativo,11,José Alencar,1,José Antonio Dias Toffoli,2,José Dirceu,4,José Eduardo Cardozo,1,José Genoíno,1,José Luiz Datena,1,José Mojica,1,José Mujica,7,José Serra,2,José Sócrates,1,Joyce Ribeiro,1,Juan Guaidó,1,Juan Manuel Santos,7,Julian Assange,2,Kelly Serra,1,Kroton,11,Lei 43.057,1,Lei 8.069/90,1,Lei 8.078/90,2,Lei 9.504/97,1,Lei da Palmada,1,Lei Menino Bernardo,1,Leopoldo López,10,Liberdade de expressão,16,Light,1,Limonada,1,Língua Portuguesa,1,Livros,2,Lixo,1,Lobão,1,Lobo-mau,1,Luciano Mota,2,Luis Almagro,3,Luiz Fernando Pezão,20,Luiz Sérgio,2,Lula,44,Lumay Barreto,1,Maconha,4,Magé,1,Manuel Zelaya,3,Maomé,1,Maracanã,3,Maranhão,1,Marcela Temer,1,Marcelo Aguiar,1,Marcelo Crivella,17,Marcelo Freixo,6,Marcelo Madureira,2,Marcha da Família,1,Marcha para Jesus,1,Márcia Tiburi,1,Márcio Catão,2,Marco Civil da Internet,6,Marco Feliciano,7,Maria Corina Machado,2,María Corina Machado,2,Marina Rocha,2,Marina Silva,5,Marisa Formolo,1,Marisa Letícia,1,Marta Suplicy,1,Mate,1,Mato Grosso,2,Mato Grosso do Sul,1,Mayara Petruso,1,MBL,2,MEC,128,Medicamento,1,MEIO AMBIENTE,2,Meleca,1,Mensalão,9,Mercosul,6,Metrô,3,México,30,Michel Temer,51,Michelle Obama,1,Microsoft,6,Mídia,3,Minas Gerais,10,Mineiros,1,Ministério da Família,1,Ministério da Justiça,1,Ministério da Saúde,8,Ministério do Esporte,1,Ministério do Trabalho,1,Ministério Público,13,Miriam Leitão,1,Miss Universo,4,Mitt Romney,1,MNDH,1,Montes Claros,1,Moreira Franco,4,MPL,1,MST,9,Mudanças climáticas,1,MUNDO,209,Museu do Índio,3,Museu Nacional,1,Música,1,Natal,2,Natan Donadon,1,Natureza,1,Nazismo,1,NBC,3,Nepal,6,Néstor Kirchner,1,Net,1,Nextel,1,Ney Matogrosso,1,Nicarágua,8,Nicolás Maduro,36,Niterói,2,Nordeste,4,Noticiero y Opinión,1,Nova Zelândia,1,Novela,5,Novo,1,Novo site,1,Nuestro México del Futuro,1,Numerologia,2,O Boticário,1,O Globo,1,O Maior Brasileiro de Todos os Tempos,2,OAB,2,OAB-BA,1,OAB-CE,1,OAB-DF,1,OAB-PE,1,OCDE,1,Odebrecht,7,OEA,9,Oi,7,Ônibus,17,ONU,14,Opas,1,Operação Calabar,1,Operação Calicute,4,Operação Carne Fraca,9,Operação Conclave,1,Operação Eficiência,1,Operação Hades,1,Operação Lava-Jato,14,Operação Pausare,1,Operação Recomeço,4,Operação Tergiversação,1,Opinólogo,13,Opinólogo.com,1,Oração do Delegado,1,Ordem,1,Oriente Médio,3,Orlando Silva,1,Os Cavaleiros do Zodíaco,1,Osama Bin Laden,1,Otan,1,Otto Pérez Molina,4,Ozônio,1,P,1,Pai Nosso,1,PAÍS,76,Palestina,2,PAMC,2,Panamá,4,Papai Noel,1,Paperblog,1,Paquistão,3,Pará,2,Paraguai,8,Paraíba,2,Paraná,6,Passagem,4,Pastor Everaldo,1,Pastor Ezequiel Teixeira,1,Pastor Sargento Isidório,1,Pastor Sebastião,1,Paulinho da Força,3,Paulo Maluf,1,Paz,1,PC do B,6,PDT,1,Peccin Agroindustrial,1,Pedofilia,2,Pedro Fernandes,1,Pedro Paulo,2,Pemex,1,PEN,1,Pentecoste,3,Pernambuco,3,Peru,8,Petrobras,17,Petróleo,2,Petrópolis,2,PHS,1,Pitbull,1,Pizza,1,Plutão,1,PMB,1,PMDB,35,PNC,1,PNPS,9,Podemos (PTN),2,Polícia,10,POLÍTICA,231,Politicagem,1,Políticos,1,Polvilho,1,Porto Alegre,1,Porto Rico,2,Portugal,8,Portugal Telecom,1,Positivo,2,PP,6,PPS,3,PR,1,PRB,2,Preconceito,2,Previdência,4,Primeira Dama,1,Princesa Isabel,1,Procon-RJ,2,Procriação,1,Programa Mais Médicos,8,Protesto,22,ProUni,2,Provas,1,PRTB,1,PSB,5,PSC,6,PSD,1,PSDB,35,PSDC,1,PSL,2,PSOL,24,PSTU,1,PT,90,PTN,2,Publicidade enganosa,2,PUC-Campinas,1,PUC-Rio,1,PUC-SP,1,PV,1,QG da Propina,1,Rachel Sheherazade,5,Racismo,2,Rafael Correa,4,Randolfe Rodrigues,1,RCTV,2,Recife,1,Rede Globo,4,Rede Record,4,Rede Sustentabilidade,4,Redes Sociais,7,RedeTV!,1,Reforma da Previdência,3,Reforma Ortográfica,1,Reforma Trabalhista,2,Região Serrana,2,Registro.br,2,Reinaldo Azevedo,3,Reino Unido,4,Relações internacionais,1,Religião,39,Renan Calheiros,2,Repsol,1,República Dominicana,1,Ricardo Barros,1,Ricardo Fabris de Abreu,1,Ricardo Lewandowski,1,Ricky Martin,1,Rio de Janeiro,438,Rio Grande do Norte,2,Rio Grande do Sul,9,Rio Info,1,Ritonavir,1,RJ,12,Roberto Gómez Bolaños,1,Rocinha,2,Romário,6,Romero Jucá,1,Rondônia,1,Roraima,2,Rosinha Garotinho,1,Royalties,1,RSF,1,RTP,1,SAAE-RJ,14,Saint Seiya,1,Salário,3,Salve Jorge,2,San José,1,Sandro Matos,1,Saneamento básico,1,Santa Catarina,2,Santa Maria,4,Santo Antônio de Pádua,1,Santos Dumont,1,São João da Barra,1,São João de Meriti,1,São Paulo,47,São Pedro,1,São Sebastião do Alto,1,Sapezal,1,Saquarema,1,Saudação,1,SAÚDE,24,SBT,14,Seara,1,Segredo,1,SEGURANÇA,22,Semana Santa,1,Senac,18,Senado,5,Sepe/RJ,2,Ser Educacional,7,Sérgio Cabral,15,Sérgio Moro,5,Sergipe,1,Sete,1,Setec,1,Sexo,1,Shopping Nova América,2,Silas Malafaia,8,Sílvio Santos,1,SinMed/RJ,14,Sinpro-Rio,58,SIP,1,Sisu,2,Site,1,Sky,1,Sociedade Brasileira de Instrução,1,Solidariedade,3,Sony,1,Sophia Fernandes,1,Sorocaba,1,SP,3,STF,15,Sub-20,1,Suécia,1,Suesc,6,Suíça,2,Suipa,1,SuperVia,3,Tarcísio Motta,3,Táxi,1,Tecnologia,1,Teleamazonas,1,Telefonia,2,Teleton,1,Televisa,3,Telluride Foundation,1,Teori Zavascki,1,Teresópolis,3,Terra Empresas,3,Terremoto,25,Terrorismo,1,Tibete,2,Tim,4,Tiririca,3,Tirulipa,1,Titanic,1,TJRJ,2,Tocantins,1,Trabalho,4,Trânsito,1,TRANSPORTES,17,TRE-AL,1,TRE-RJ,2,Trem,4,Tsunami,3,Turquia,5,TV Aparecida,1,TVE,1,Twitter,1,Uber,1,UBM,1,Ucam,22,Uerj,6,Uezo,1,UFRJ,1,UFSM,4,Uganda,1,UGF,229,Unasul,7,UNE,8,Unesp,1,Unicamp,1,Uniesp,13,Unifieo,2,Unig,1,Unigranrio,4,Uninove,1,Unisuam,2,Unitau,1,UniverCidade,231,Universidade Brasil,1,Universidade Lusófona,1,Universidade Santa Úrsula,4,Universidades,3,Universidades federais,1,Univisión,4,Unoeste,1,Uol,1,UPP,4,Uruguai,10,UVA,23,Vacinação,4,Vaio,1,Valdemiro Santiago,2,Vaticano,3,Vatileaks,1,Veja,1,Velox,1,Venezuela,85,Vestibular,1,Vigilância Sanitária,1,Vinícius e Tom,1,Violência,3,Viradouro,1,Vivo,4,Votação,2,Washington Reis,4,Webesteira,1,Wikileaks,6,Wikipédia,3,Wilson Witzel,3,Wom,1,Woody Allen,1,Xuxa,2,Yoani Sánchez,1,YoSoy132Media,1,You Tube,6,YPF,1,Zito,3,Zuzeco,1,
ltr
item
Opinólogo - Jornalismo Opinativo: As palmadas que seu filho não poderá mais levar deveriam ser dadas ao Estado Brasileiro
As palmadas que seu filho não poderá mais levar deveriam ser dadas ao Estado Brasileiro
http://3.bp.blogspot.com/-zxk5UINbgqA/U62RcX_uv9I/AAAAAAAABR0/8EcZEz-SiKk/s1600/charge+palmada.jpg
http://3.bp.blogspot.com/-zxk5UINbgqA/U62RcX_uv9I/AAAAAAAABR0/8EcZEz-SiKk/s72-c/charge+palmada.jpg
Opinólogo - Jornalismo Opinativo
https://www.opinologo.com.br/2014/06/as-palmadas-que-seu-filho-nao-podera.html
https://www.opinologo.com.br/
https://www.opinologo.com.br/
https://www.opinologo.com.br/2014/06/as-palmadas-que-seu-filho-nao-podera.html
true
5480391970516636544
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Clique para ver Responder Cancelar resposta Deletar By Home PAGES POSTS Clique para ver tudo sobre esta editoria Recomendada para você LABEL ARCHIVE Buscador ALL POSTS Not found any post match with your request Voltar para a Página Incial Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy