Google “enganation”: grátis para novos anunciantes do AdWords

Cupom promocional do Google AdWords induz ao erro e ilude o consumidor, por estar condicionado à compra de créditos. “Olá, Voc...

Cupom promocional do Google AdWords induz ao erro e ilude o consumidor, por estar condicionado à compra de créditos.

“Olá,

Você sabia que milhares de internautas procuram no Google por sites e blogs como o seu todos os dias?

Para você aproveitar essa oportunidade oferecemos, junto com esta carta, um bônus de R$ 100,00 para você começar a anunciar no Google gratuitamente, aumentar sua visibilidade e conquistar mais visitas.

Ligue para 0800 724 6648 e conte com a ajuda de nossos consultores para criar sua primeira campanha e tirar dúvidas. Este serviço é totalmente gratuito e está disponível de segunda a sexta das 9h às 19h.

Use já seu crédito e comece hoje mesmo a atrair novos usuários. Essa oferta é válida até 30 de junho de 2012.

Bons negócios

Leo J. Pinto
Marketing Google Brasil

P.S. Se preferir, acesse www.google.com.br/adwords e siga o passo-a-passo. Espero vê-lo no Google em breve”.

O texto, acima, é uma reprodução, na íntegra, da carta que o Google envia a sites e blogs em todo o Brasil, incentivando seus proprietários a anunciarem em seu serviço de publicidade, Google AdWords. E para isso, oferecendo-lhes um cupom promocional no valor de R$ 100. E quem recebe um desses fica super contente, por achar que é a oportunidade de deslanchar sua humilde página. E foi o que ocorreu, por exemplo, com este jornalista que lhes escreve: pois, nos últimos meses, OPINÓLOGO estava rendendo uma excelente audiência, algo em torno de dois mil a quatro mil acessos diários durante uns dois meses. O que provavelmente fez com que recebesse esse “presente”, mesmo nunca tendo feito sequer qualquer propaganda paga. E como a própria carta dizia, o prazo era até o dia 30 do mês passado para ativar o cupom. Uma campanha foi criada e o código promocional, inserido. No entanto, passaram-se dias e nada de a mesma ficar ativa. Foi, então, que este jornalista telefonou para o escritório da empresa, em São Paulo, para saber o que estava acontecendo. E foi informado por um atendente que, para ativá-la era preciso comprar créditos, valor mínimo de R$ 40. No último dia 26 de junho, o jornalista Diego Francisco chegou a contestar a resposta da empresa, alegando que a carta não explicitava isso de cara, e que induzia ao erro. E surpreendentemente, ouviu também que várias pessoas tinham a mesma queixa, mas que reportaria mais esta. Hoje já é dia 8 de julho e até agora, nada!!! Quantos donos de sites/blogs não devem ser iludidos com o “benefício”, e não devem ficar com raiva depois de se sentirem “tapeados”???

Mas, antes de continuar narrando, é preciso explicar com mais detalhes o funcionamento do Google AdWords: como foi dito, é o serviço de publicidade paga no buscador Google, sites parceiros e em blogs. A propaganda serve para colocar empresas de produtos e/ou serviços em primeira página. Note-se que, quando Você faz certas buscas no Google, aparecem alguns links com um fundo amarelo, ou à direita da página. São anúncios pagos, cujos créditos podem ser pré-pagos e descontados cada vez que um internauta clica no mesmo e é redirecionado a um site/blog. O usuário coloca palavras-chaves de como quer ser encontrado e dispõe de um painel de controle com estatísticas de visitantes, regiões geográficas acessadas etc. Também existe a propaganda gráfica, que aparece por meio de banners em blogs cadastrados a receber as publicidades do Google AdWords. Nesse caso, para os receptores o serviço é chamado de Google Adsense.

Já no verso da carta, um texto – em letras miúdas – que pouca gente vai dar atenção, também na íntegra:

“Termos e Condições do Cupom

* O crédito promocional deve ser aplicado a uma nova conta do Google AdWords dentro de 15 dias após a criação da conta. A oferta só é válida para novos clientes com contas do Google AdWords autogerenciadas.

* Serão cobrados todos os anúncios que excederem o crédito promocional cedido aos anunciantes. Os anunciantes podem suspender seus anúncios a qualquer momento antes que a quantia de crédito promocional termine se não desejarem receber cobranças adicionais sobre seus anúncios.

* A oferta está sujeita à aprovação dos anúncios, inscrição válida e aceitação dos termos de utilização padrão do programa Google AdWords.

* O crédito promocional é intranferível e não pode ser vendido ou negociado.

* A oferta pode ser revogada a qualquer momento e por qualquer motivo pela Google Inc.

* Um crédito promocional por cliente.

* Anunciantes que escolherem o faturamento pré-pago estão sujeitos a uma taxa de pré-pagamento mínimo de R$ 40,00 antes da ativação da conta. Toda quantia pré-paga será creditada à conta do Anunciante assim que a conta for ativada.

* Oferta válida para inscrições por meio da URL fornecida para a promoção para clientes com endereços de faturamento no Brasil.

* A utilização deste cupom e/ou crédito promocional constitui aceitação destes termos de utilização. Oferta nula onde proibida por lei.

Válido até o dia 30 de junho de 2012.

Copyright 2011. Google e AdWords são marcas registradas do Google Inc. nos Estados Unidos e em outros países”.

Se o mínimo para ativar uma campanha é de R$ 40, mas se está inserindo R$ 100 (promocional), não deveria haver cobrança. Só que na verdade, o Google está incentivando os proprietários de sites/blogs a comprarem seus serviços, para, então, dar um bônus. O que não está claro no documento, que apela para que o internauta comece “hoje mesmo a atrair novos usuários”. Procurada por OPINÓLOGO, a advogada Rachel Brambilla completa: “Verifica-se que diz TOTALMENTE GRATUITO. Certamente com esse oferecimento ‘especial’ para cada consumidor já o leva a ACREDITAR”.

“No Brasil não existe ainda nenhuma legislação que regule o tema e-commerce, nem mesmo as legislações mais recentes, nem mesmo a Lei do consumidor (8.078/90) possui dispositivos que regulem diretamente o comércio eletrônico de consumo. Porém, podemos elencar muitas decisões judiciais que determinam a existência de relação de consumo com o Consumidor entre as redes sociais, o Google e outros, uma vez que a publicidade é usada como propaganda e marketing, e sendo assim torna-se público e notório. Desta forma é pacífico usar o Código de Defesa do Consumidor (CDC) para as relações entre esses entes e o usuário da internet. Apesar do Código de Defesa do Consumidor dizer que os serviços são mediante remuneração para ter relação de consumo, já foi decidido na justiça de que existe tal relação independentemente de ter sido pago ou não, quando se tratar de internet”, informou a advogada.

Além disso, o Google – na condição de fornecedor de um serviço – estaria infringindo o inciso III do Artigo 6°, e o Artigo 31 do CDC, por não esclarecer adequadamente na carta as condições para receber o crédito. E também o Artigo 36 que determina: “a publicidade deve ser veiculada de tal forma que o consumidor, fácil e imediatamente, a identifique como tal”, ressaltou a advogada.

“Diante do caso concreto, quanto ao oferecimento de um cupom promocional no valor de R$ 100,00 (cem reais) para ser usado no serviço do Google AdWords em que seu Blog tornará mais evidenciado na web, haverá mais propaganda, e será expandido, realmente, ofusca aos olhos de quem lê, proporcionando uma efusão nos sentidos do consumidor, o induzindo em erro. Com isso vislumbramos uma publicidade enganosa, a qual aplica métodos desleais com a exploração dos sentimentos humanos pela ‘especial’ promoção. A forma com que o Google apresenta suas propagandas lança logo na frente o teor positivo de que o consumidor já terá uma ‘vantagem’”, explicou Rachel Brambilla.

Como o consumidor pode reivindicar seus direitos???

“O Consumidor que se sentir lesado, é só imprimir a OFERTA recebida e se dirigir em primeiro lugar ao Procon de sua região ou ir direto ao Juizado Especial Cível para pleitear seu Direito a Reparação de Danos ou compelir ao Fornecedor a cumprir a OFERTA da forma com que foi publicada - art. 6º, inciso IV, VI, VII e art. 30 do Código de Defesa do Consumidor”, recomendou a advogada.

Deve-se observar que, pelo menos na cidade do Rio de Janeiro, os postos dos Juizados Especiais Cíveis (JEC) – popularmente conhecido como “Pequenas Causas” – atendem os consumidores, conforme os bairros em que residam.

“É notório na internet de que diversos consumidores reclamam sobre as ofertas enganosas, mas, a maioria dos deles não sabe que tem direito a educação, a informação, a reivindicar seus direitos através de órgãos próprios conforme art. 6º, incisos II e VII, do CDC. Somente reclamar na internet não adianta, pois os seus direitos individuais não serão atendidos. É obrigação de o Estado proteger o Consumidor através da Política Nacional de Relações de Consumo - artigos 4º e 5º do CDC, mas, não proporciona essa informação e quando se fala em educação é ter conhecimento dos seus direitos”, comentou a advogada.

“Diante desta realidade o Google não pode criar publicidades que iludam os consumidores, e, caso sejam inobservados esses requisitos exigidos pelo Código de Defesa do Consumidor, estará sujeito às penalidades estabelecidas no referido Diploma, variando em conformidade com as circunstâncias ou dispositivos violados, principalmente quanto às informações ou publicidades veiculadas de forma imprecisa, transmitida por qualquer meio de comunicação com relação a produtos ou serviços ofertados ou apresentados, obrigando o agente veiculador dessas informações a cumprir o contrato de forma a beneficiar o consumidor, sendo este o entendimento do preceito regulado no art. 47 da Lei 8.078/90”, concluiu Rachel Brambilla.

Sobre a advogada

Rachel Brambilla é advogada especializada em Direito do Consumidor e Direito Comercial, professora universitária em diversas instituições no Rio de Janeiro e escreve artigos sobre direitos do consumidor em seus blogs, tais como: “Direitos do Consumidor” e “Direito para Todos”, respectivamente.

Leia também:

Google muda texto promocional do AdWords após reportagem de Opinólogo

COMMENTS

BLOGGER: 2
Loading...
Nome

2010,7,2011,1,2012,5,2013,1,2014,41,2015,9,2016,21,2017,3,2018,1,450 anos,1,4G,1,50 anos,1,7 de setembro,1,80 anos,1,A Marcha dos Infames,1,Aborto,9,Abranet,1,Acre,1,Adenor Gonçalves,3,Adidas,2,Adolescência,3,Adriana Ancelmo,1,Aécio Neves,14,Aeroporto Tom Jobim,1,África,3,África do Sul,3,Agronegócio,3,Água,3,Água potável,1,Aids,2,Alberto Cantalice,3,Alberto Nisman,7,Alejandro Maldonado Aguirre,1,Alejandro Toledo,1,Alemanha,3,Alerj,40,Alesp,5,Alessandro Molon,3,Alexandre Cardoso,1,Alexandre de Moraes,1,Alexis Tsipras,4,Aliança Batista,1,Alicia Kirchner,1,Alto do Paraíso (RO),1,Álvaro Uribe,1,Amazonas,4,Ambulantes,1,América Central,2,América Latina,115,Amijubi,1,Amor à Vida,1,Amor e Revolução,1,Analfabetismo,1,Anatel,8,Andes,1,Angola,1,Angra dos Reis,1,Anhanguera Educacional,1,Animais,3,Anistia Internacional,1,Aniversário,5,Antonio Ledezma,7,Apagão,1,Aquecimento global,1,Arena Corinthians,1,Argentina,18,Argos,1,Arlei Rosa,2,Armênia,1,Arquidiocese,1,Article 19,1,Árvore de Natal da Lagoa,2,Ásia,13,Assembleia de Deus,1,ATUALIDADES,141,Aureo Lídio,1,Avaaz,1,Avenida Brasil,1,Avianca,1,Avon,1,Azul,1,Babilônia,1,Bahia,5,Baixada Fluminense,2,Banco do Brasil,2,Banco Itaú,1,Banco Mercantil,1,Band,2,Banda larga,5,Bangladesh,1,Barack Obama,6,Barcas,1,Bares e restaurante,1,Barra Mansa,2,Bayer,1,Beija-Flor,2,Belo Horizonte,3,Bento XVI,1,Bilhete Único,4,Black Bloc,1,Blecaute,1,Bolívia,5,Bolsa Família,3,Boni,1,Bonsucesso,1,Bossa Nova,1,Botucatu,1,Bradesco,6,Brasil,346,Brasília,11,Brazuca,1,BRF Brasil Foods,4,BUC,1,Buscador,1,Cabo Daciolo,8,Cabo Frio,1,Cabralfobia,1,Caetano Veloso,1,Campos dos Goytacazes,1,Câncer,2,Candomblé,1,Carlos Alberto Sardenberg,1,Carlos Lupi,2,Carlos Osório,1,Carmen Aristegui,1,Carnaval,11,Carnavalesca,1,Casamento gay,10,Catalunha,1,Caxias do Sul,2,CBF,3,CBMERJ,1,Ceará,4,Cebela,1,Cedae,7,Cederj,1,Celac,1,Celebridades,4,Celso Lisboa,2,Celso Russomano,1,César Maia,3,Cesva,3,CFM,1,CFP,2,Chapecoense,2,Chapeuzinho Vermelho,1,Chapolin,1,Chaves,1,Chávez,3,Chavismo,9,Cheias de Charme,1,Chico Xavier,1,Chile,14,China,10,Chuvas,1,CICAD,1,Cidade do Samba,1,Clarissa Garotinho,1,Claro,3,Cláudia Leitte,1,Cleptocracia,2,CMRJ,3,CNI,2,CNJ,4,Coca-Cola,2,Código de Conduta,1,Colégio Pedro II,2,Colômbia,20,Compaj,4,Complexo da Maré,5,COMUNICAÇÕES,21,Congresso,4,Consumidor,10,COP-15,2,COP-16,2,Copa,1,Copa das Confederações,6,Copa do Mundo,33,Copacabana,3,Coreia do Norte,1,Coreia do Sul,2,Correios,2,Corrupção,6,Costa Rica,2,Cota racial,1,CPI,12,Cremerj,2,Criança,3,Crime,5,Crimes na web,1,Criminalidade,1,Cristina Kirchner,10,Cristo Redentor,2,Crítica,1,Cuba,15,CULTURA,10,CUT,8,Dalai Lama,1,Daniel Ceballos,1,Daniel Guerra,2,Daniel Ortega,1,Danilo Gentili,3,DEM,6,Democracia,2,Dica,2,Dicionário inFormal,1,Dilma Rousseff,108,Diploma,2,Direitos Humanos,36,Distrito Federal,7,Ditadura,1,Ditadura militar,4,Dom Pedro I,1,Dom Pedro II,1,Domino's,1,Donald Trump,13,Drogas,1,Duque de Caxias,6,Ecuavisa,2,Edir Macedo,4,EDITORIAL,5,Edson Fachin,1,Eduardo Cunha,5,Eduardo Guimarães,1,Eduardo Paes,10,EDUCAÇÃO,321,Edward Snowden,1,Egito,2,Eike Batista,4,El Comercio,1,El Salvador,1,Eleições,39,Embratel,1,Emirados Árabes Unidos,1,EMS,1,Enem,19,Energia,3,Enrique Peña Nieto,6,Equador,8,Escola da Rua,1,Escola Municipal Friedenreich,3,Escolas de Samba,1,Escravidão,1,Escravos de Jó,1,Espanha,5,Espírito Santo,6,ESPORTES,24,Estácio,34,Estado laico,2,Estados Unidos,44,Estudantes,1,Etiópia,1,Europa,16,Eutanásia,1,Evo Morales,4,Fabiane Maria de Jesus,1,Facha,1,Faculdade Alfacastelo,1,Faculdade Alvorada,7,Faculdade de São Roque,1,Fades,1,FAIPD,1,Fapan,1,Farc,5,Favela,2,Felipe Calderón,1,Fênix 2,1,Fernando Haddad,1,Fernando Henrique Cardoso,1,Fernando Lugo,4,Fernando Mac Dowell,1,FGV,1,Fidel Castro,1,Fifa,8,Flávio Bolsonaro,3,FMC,4,FMI,2,Força Sindical,2,Foro de São Paulo,3,Fortaleza,2,França,1,Francisco Dornelles,3,Francisco I,3,Fuleco,5,Funk,2,Funkódromo,1,Futebol,12,Galileo Educacional,206,Garotinho,4,Gay,14,Geraldo Alckmin,1,Gilberto Gil,1,Globovisión,1,Glória Perez,2,Goiás,2,Google,8,Google AdWords,2,Grécia,7,GRES Estácio de Sá,2,GRES Império Serrano,1,GRES Mangueira,1,GRES Paraíso do Tuiuti,1,GRES Portela,2,GRES Unidos da Tijuca,2,Greve,9,Gripe,1,Guanambi,1,Guapimirim,2,Guarda Municipal,2,Guatemala,7,Guido Mantega,1,Guiné Equatorial,1,Haiti,3,Halloween,1,Harry Potter,1,Heello,1,Heinz,1,Heitor Schuch,1,Henrique Capriles,4,Hillary Clinton,2,Homofobia,2,Homossexualidade,2,Honduras,6,Hong Kong,2,Horário de verão,4,Hospitais,1,Hoy Ecuador,1,HPV,1,HRW,3,Huatabampo,1,Hugo Chávez,23,Humor,2,Hypermarcas,1,Idec,1,Iêmen,1,Igreja Católica,10,IMPD,2,Impeachment,7,Imperatriz Leopoldinense,1,Imposto de Renda,3,Imprensa,1,Indenização,1,Independência,1,Índia,5,Indiana,1,Indonésia,6,Infobae,1,INFORMAÇÃO ÚTIL,12,Inglaterra,4,Ingrid Betancourt,1,Inocência do Islamismo,1,Insaes,1,Internet,21,Irã,3,Irlanda,1,Islamismo,4,Israel,4,Itaguaí,2,Itália,1,Itamaraty,2,Iuperj,1,Iurd,7,Jabulani,1,Jair Bolsonaro,6,Jandira Feghali,2,Japão,1,JBS,12,Jean Wyllys,2,Jennifer Lopez,1,Jesus Cristo,1,Jimmy Morales,1,João Dória Jr.,1,Joaquim Barbosa,3,Joesley Batista,1,Jogos,1,Jogos da Baixada,1,Jogos Olímpicos,11,Jornal Cruzeiro do Sul,1,Jornalismo,10,Jornalismo opinativo,8,José Alencar,1,José Antonio Dias Toffoli,2,José Dirceu,4,José Eduardo Cardozo,1,José Genoíno,1,José Luiz Datena,1,José Mojica,1,José Mujica,7,José Serra,2,José Sócrates,1,Juan Manuel Santos,6,Julian Assange,2,Kelly Serra,1,Kroton,11,Lei 43.057,1,Lei 8.069/90,1,Lei 8.078/90,2,Lei 9.504/97,1,Lei da Palmada,1,Lei Menino Bernardo,1,Leopoldo López,10,Liberdade de expressão,14,Light,1,Limonada,1,Língua Portuguesa,1,Livros,2,Lixo,1,Lobão,1,Lobo-mau,1,Luciano Mota,2,Luis Almagro,3,Luiz Fernando Pezão,18,Luiz Sérgio,2,Lula,34,Lumay Barreto,1,Maconha,3,Manuel Zelaya,3,Maomé,1,Maracanã,3,Maranhão,1,Marcela Temer,1,Marcelo Aguiar,1,Marcelo Crivella,14,Marcelo Freixo,6,Marcelo Madureira,2,Marcha da Família,1,Marcha para Jesus,1,Márcio Catão,2,Marco Civil da Internet,6,Marco Feliciano,7,Maria Corina Machado,2,María Corina Machado,2,Marina Silva,4,Marisa Formolo,1,Marisa Letícia,1,Marta Suplicy,1,Mate,1,Mato Grosso,2,Mato Grosso do Sul,1,Mayara Petruso,1,MBL,2,MEC,125,Medicamento,1,MEIO AMBIENTE,2,Meleca,1,Mensalão,9,Mercosul,6,Metrô,3,México,28,Michel Temer,44,Michelle Obama,1,Microsoft,5,Mídia,3,Minas Gerais,9,Mineiros,1,Ministério da Família,1,Ministério da Justiça,1,Ministério da Saúde,8,Ministério do Esporte,1,Ministério do Trabalho,1,Ministério Público,12,Miriam Leitão,1,Miss Universo,4,Mitt Romney,1,MNDH,1,Montes Claros,1,Moreira Franco,4,MPL,1,MST,9,Mudanças climáticas,1,MUNDO,188,Museu do Índio,3,Música,1,Natal,2,Natan Donadon,1,Natureza,1,NBC,3,Nepal,6,Néstor Kirchner,1,Net,1,Nextel,1,Ney Matogrosso,1,Nicarágua,6,Nicolás Maduro,34,Niterói,2,Nordeste,3,Noticiero y Opinión,1,Nova Zelândia,1,Novela,5,Novo,1,Novo site,1,Nuestro México del Futuro,1,Numerologia,2,O Boticário,1,O Globo,1,O Maior Brasileiro de Todos os Tempos,2,OAB,2,OAB-BA,1,OAB-CE,1,OAB-DF,1,OAB-PE,1,Odebrecht,7,OEA,8,Oi,7,Ônibus,17,ONU,12,Opas,1,Operação Calabar,1,Operação Calicute,4,Operação Carne Fraca,9,Operação Conclave,1,Operação Eficiência,1,Operação Lava-Jato,10,Operação Recomeço,2,Opinólogo,10,Opinólogo.com,1,Oração do Delegado,1,Ordem,1,Oriente Médio,2,Orlando Silva,1,Os Cavaleiros do Zodíaco,1,Osama Bin Laden,1,Otto Pérez Molina,4,Ozônio,1,P,1,Pai Nosso,1,PAÍS,67,Palestina,2,PAMC,2,Panamá,4,Papai Noel,1,Paperblog,1,Paquistão,3,Pará,1,Paraguai,7,Paraíba,2,Paraná,5,Passagem,4,Pastor Everaldo,1,Pastor Ezequiel Teixeira,1,Pastor Sargento Isidório,1,Pastor Sebastião,1,Paulinho da Força,3,Paulo Maluf,1,Paz,1,PC do B,6,PDT,1,Peccin Agroindustrial,1,Pedofilia,2,Pedro Paulo,2,Pemex,1,PEN,1,Pentecoste,3,Pernambuco,3,Peru,6,Petrobras,15,Petróleo,2,Petrópolis,1,PHS,1,Pitbull,1,Pizza,1,Plutão,1,PMB,1,PMDB,35,PNC,1,PNPS,9,Podemos (PTN),2,Polícia,8,POLÍTICA,209,Politicagem,1,Políticos,1,Polvilho,1,Porto Alegre,1,Porto Rico,2,Portugal,7,Portugal Telecom,1,Positivo,2,PP,6,PPS,3,PR,1,PRB,2,Preconceito,2,Previdência,3,Primeira Dama,1,Princesa Isabel,1,Procon-RJ,2,Procriação,1,Programa Mais Médicos,6,Protesto,22,ProUni,2,Provas,1,PRTB,1,PSB,5,PSC,6,PSD,1,PSDB,34,PSDC,1,PSOL,23,PSTU,1,PT,79,PTN,2,Publicidade enganosa,2,PUC-Campinas,1,PUC-Rio,1,PUC-SP,1,PV,1,Rachel Sheherazade,5,Racismo,2,Rafael Correa,4,Randolfe Rodrigues,1,RCTV,2,Recife,1,Rede Globo,4,Rede Record,3,Rede Sustentabilidade,4,Redes Sociais,7,RedeTV!,1,Reforma da Previdência,1,Reforma Ortográfica,1,Reforma Trabalhista,1,Região Serrana,2,Registro.br,2,Reinaldo Azevedo,3,Reino Unido,4,Relações internacionais,1,Religião,34,Renan Calheiros,2,Repsol,1,República Dominicana,1,Ricardo Barros,1,Ricardo Fabris de Abreu,1,Ricardo Lewandowski,1,Ricky Martin,1,Rio de Janeiro,404,Rio Grande do Norte,2,Rio Grande do Sul,9,RJ,12,Roberto Gómez Bolaños,1,Rocinha,2,Romário,5,Romero Jucá,1,Rondônia,1,Roraima,2,Rosinha Garotinho,1,Royalties,1,RSF,1,RTP,1,SAAE-RJ,14,Saint Seiya,1,Salário,3,Salve Jorge,2,San José,1,Sandro Matos,1,Saneamento básico,1,Santa Catarina,2,Santa Maria,4,Santo Antônio de Pádua,1,Santos Dumont,1,São João da Barra,1,São João de Meriti,1,São Paulo,42,São Pedro,1,São Sebastião do Alto,1,Sapezal,1,Saquarema,1,Saudação,1,SAÚDE,16,SBT,13,Seara,1,Segredo,1,SEGURANÇA,18,Semana Santa,1,Senac,18,Senado,5,Sepe/RJ,2,Ser Educacional,7,Sérgio Cabral,14,Sérgio Moro,2,Sergipe,1,Sete,1,Setec,1,Sexo,1,Shopping Nova América,2,Silas Malafaia,8,Sílvio Santos,1,SinMed/RJ,14,Sinpro-Rio,57,SIP,1,Sisu,2,Site,1,Sky,1,Sociedade Brasileira de Instrução,1,Solidariedade,3,Sony,1,Sophia Fernandes,1,Sorocaba,1,SP,3,STF,15,Sub-20,1,Suécia,1,Suesc,6,Suíça,2,Suipa,1,SuperVia,2,Tarcísio Motta,2,Táxi,1,Teleamazonas,1,Telefonia,2,Teleton,1,Televisa,3,Telluride Foundation,1,Teori Zavascki,1,Teresópolis,3,Terra Empresas,3,Terremoto,21,Terrorismo,1,Tibete,2,Tim,4,Tiririca,3,Tirulipa,1,TJRJ,2,Tocantins,1,Trabalho,4,Trânsito,1,TRANSPORTES,17,TRE-AL,1,TRE-RJ,2,Trem,3,Tsunami,1,Turquia,3,TVE,1,Twitter,1,Uber,1,UBM,1,Ucam,19,Uerj,6,Uezo,1,UFRJ,1,UFSM,4,Uganda,1,UGF,215,Unasul,7,UNE,8,Unesp,1,Unicamp,1,Uniesp,11,Unifieo,2,Unig,1,Unigranrio,4,Uninove,1,Unisuam,2,Unitau,1,UniverCidade,217,Universidade Lusófona,1,Universidade Santa Úrsula,4,Universidades,3,Universidades federais,1,Univisión,4,Unoeste,1,Uol,1,UPP,4,Uruguai,9,UVA,23,Vacinação,3,Vaio,1,Valdemiro Santiago,2,Vaticano,3,Vatileaks,1,Veja,1,Velox,1,Venezuela,80,Vestibular,1,Vigilância Sanitária,1,Vinícius e Tom,1,Violência,1,Viradouro,1,Vivo,4,Votação,2,Washington Reis,4,Webesteira,1,Wikileaks,6,Wikipédia,3,Wom,1,Woody Allen,1,Xuxa,2,Yoani Sánchez,1,YoSoy132Media,1,You Tube,6,YPF,1,Zito,3,Zuzeco,1,
ltr
item
Opinólogo: Google “enganation”: grátis para novos anunciantes do AdWords
Google “enganation”: grátis para novos anunciantes do AdWords
Opinólogo
http://www.opinologo.com.br/2012/07/google-enganation-gratis-para-novos.html
http://www.opinologo.com.br/
http://www.opinologo.com.br/
http://www.opinologo.com.br/2012/07/google-enganation-gratis-para-novos.html
true
5480391970516636544
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Clique para ver Responder Cancelar resposta Deletar By Home PAGES POSTS Clique para ver tudo sobre esta editoria Recomendada para você LABEL ARCHIVE Buscador ALL POSTS Not found any post match with your request Voltar para a Página Incial Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy